Skip to main content

Treino de fartlek na passadeira

Artigos, Corrida 0 Comment

gymO fartlek ajuda a preparar melhor o seu corpo para a corrida de rua. Veja como fazer esse tipo de treino na passadeira.

A variação do treino é fundamental para que você não enjoe ou perca a motivação para continuar correndo (principalmente, os iniciantes).

Por isso, nada melhor do que apostar em um jogo de corrida que mantenha a empolgação e, melhor, ainda o ajude a ganhar velocidade e rendimento.

Dar um estímulo novo para o seu corpo é sinônimo de evolução. E, para isso, você pode apostar no fartlek. Esse é um treino bastante antigo (da década de 1930) e consiste na variação de intensidade da corrida, do percurso, com subidas, descidas, treino na areia, grama, asfalto, entre outros tipos de estímulos.

O atleta corre o tempo todo, não pode ficar parado. Mas será que é possível fazer um treino desse estilo usando a passadeira como aliada? Sim, basta usar a mudança de velocidade, de tempo e a inclinação (caso o equipamento tenha essa função) a seu favor.

Isso fará com que o seu corpo seja estimulado de formas diferentes. Mas sempre tenha em mente que o fartlek se baseia em treinos aleatórios, não existindo muitas regras para executá-lo. Aliás, quanto mais variados forem os estímulos dados ao corpo, melhor.

Ele é uma alternativa de quebra de rotina, mas não pode ser o método principal de treino. O ideal é que seja praticado, até, duas vezes por semana. Isso porque seu principal objectivo é proporcionar uma melhor preparação física do corredor, já que ele trabalha variações de intensidade.

Que treino fazer?

Apesar de ser um treino aleatório, você pode seguir algumas lógicas de treino para ter sucesso na corrida. O programa a seguir é um exemplo disso.

Ele foi pensado para passadeiras mais básicas, que não têm possibilidade de alterar a inclinação, mas caso você treine em uma que tenha essa função pode alternar níveis de inclinação usando o mesmo período de treino.

Além disso, o treino leva em conta a percepção de esforço. Assim, você deve saber qual é o ritmo considerado lento, moderado e rápido para o seu condicionamento físico.

Segue algumas dicas de como treinar

– 05 min. de aquecimento com um trote ou caminhada;

– 04 min. de corrida em ritmo rápido;

– 03 min. de corrida em ritmo lento com inclinação a 1%;

– 03 min. de corrida em ritmo rápido;

– 01 min. de caminhada ou trote;

– 02 min. de corrida em ritmo moderado com elevação a 2%;

– 02 min. de corrida em ritmo rápido;

– 01 min. de corrida em ritmo lento com inclinação a 2.5% / 3%;

– 02 min. de corrida em ritmo moderado;

– 05 min. de para desacelerar aos poucos;

– 10 min. de caminhada.

* Lembre-se! Independente do treino proposto respeite sempre seus limites.

Fonte: www.ativo.com

Related Posts

O que fazer logo após correr uma prova longa?

Corridas longas são o componente central de um programa de treinos. Mas a questão não...

Queres fazer uma maratona de BTT?

O grau de dificuldade de cada percurso e nível de preparação vai condicionar o tempo...

A tua primeira Meia Maratona

Levas algumas semanas de treino e a tua estreia já está marcada. Os rolamentos têm...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *