Skip to main content

Pilotos de F1 ganharam músculo para lidar com a potência dos carros

Notícias 0 Comment

transferirMais pesados e poderosos, os novos carros de F1 obrigam os pilotos a ganhar massa muscular, algo que parece não desagradar, de todo, aos homens que comandam alguns dos mais rápidos automóveis do mundo.

Além de nas mãos carros que chegam a atingir 370 km/h em alguns circuitos, em 2017, os pilotos da F1 vão ter de lidar com desacelerações de até 6,5 g (gravidade), ao invés dos 4,5 g das temporadas passadas.

Assim, antes do início da nova temporada, e durante este fim de semana, em Melbourne, os pilotos viraram-se para a preparação física.

“Desde 1 de dezembro, aumentámos enormemente as cargas de trabalho”, confirmou Romain Grosjean (Haas).

Todo este tempo a mais nas salas de musculação fizeram de nomes como Sebastian Vettel, Lewis Hamilton, ou Daniel Ricciardo, verdadeiros atletas.

Em face do exposto, a época (1980) em que o australiano Alan Jones foi capaz de se sagrar campeão do mundo, apesar da silhueta arredondada, parece agora pertencer a um tempo jurássico da competição.

Aos 35 anos, e após um inverno de treinos muito estudado, Fernando Alonso, por exemplo, explicou que “está na melhor forma física” da sua vida, apesar de não ter conseguido realizar muitos testes com o seu carro em Barcelona, em função dos problemas com o motor Honda da McLaren.

Adicionalmente, os pilotos têm outro motivo de alívio às vésperas da nova temporada: “Como os carros são mais pesados, pelo menos 20 quilos, nós também pudemos ganhar um pouco de peso”, explicou Grosjean.

Fonte: www.sapo.pt

Related Posts

pplware_glowing-blue-bike-lane-tpa_01-720x480

Polónia cria Ciclovia que brilha no escuro

Andar de bicicleta é uma das formas mais ecológicas de viajar ou passear. Em Portugal,...

asma-atletas

Pressão faz cérebro de desportistas responder 82% mais rápido

Um estudo conjunto entre a Dunlop, fabricante de pneus, e a University College de Londres revela que...

serie1

Actividade física ajuda no tratamento do cancro de mama

Os desportos aliados à musculação sempre fizeram parte da rotina de Andréa Veríssimo. Dona de...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


9 − = sete

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>