Skip to main content

Natação x Nutrição

Artigos, Natação 0 Comment

shutterstock_1239337O desempenho na piscina depende de vários factores, incluindo genética, treino, motivação e dieta.

Infelizmente, muitos nadadores não prestam atenção à dieta, e consequentemente, comprometem o desempenho. Fazer escolhas sábias na alimentação proporcionam aos músculos o combustível apropriado e permite que você treine mais tempo e em melhores condições.

Quantidades adequadas de hidratos de carbono (carboidratos) são essenciais para o desempenho na natação. Os e hidratos de carbono são a fonte mais eficiente de energia para os músculos.

Uma dieta de um nadador deve consistir em pelo menos 60% das calorias totais de hidratos de carbono como pães, cereais, arroz, massa, pães de forma, bolinhos doces, frutas e vegetais.

Nadadores que treinam dias consecutivos devem adoptar uma dieta rica em hidratos de carbono, com pelo menos 300 a 500 gramas por dia ou 4 a 5 gramas de hidratos de carbono por 500 gramas de peso corporal.

Nadadores que treinam duas vezes ao dia, frequentam aulas e participam de outras actividades, podem achar difícil fazer três refeições ao dia. Consequentemente, muitos nadadores podem não consumir e hidratos de carbono suficientes.

Nessas situações, é sempre recomendável um suplemento alimentar alto em hidratos de carbono, com a intenção de fornecer calorias extras.

Antes do treino

Refeições feitas num intervalo de 3 a 4 horas antes do treino devem ser equilibradas e compostas por uma grande variedade de nutrientes.

O ideal é a inclusão de alimentos fontes de vitaminas e minerais (vegetais e frutas), proteínas (carnes, ovos) e hidratos de carbono (massas, arroz, batata etc), porém, quando houver pouco tempo entre a última refeição e o treino, deve-se priorizar a ingestão de e hidratos de carbono e evitar o consumo de gorduras. Alimentos ricos em e hidratos de carbono devem ser consumidos de 1 a 4 horas antes dos treinos.

Durante o treino

A sensação de sede pode ser menos perceptível nos atletas de desportos aquáticos. No entanto, os riscos de desidratação são grandes se não houver uma reposição hídrica constante.

Apesar de muitos atletas só consumirem líquidos quando tem sede, uma dica é deixar sempre uma garrafinha na beira da piscina para aumentar a frequência de consumo. Bebidas desportivas são mais indicadas para a hidratação de um nadador, pois a reidratação acontece de forma mais rápida.

Depois do Treino

Um nadador deve consumir pelo menos 70 gramas de e hidratos de carbono dentro de 30 minutos após o exercício, seguido de um adicional de 75 a 100 gramas (300 a 400 Kcal) a cada 2 a 4 horas, dali para frente.

A ingestão de hidratos de carbono pode ser acompanhada por outros alimentos fontes de proteínas, vitaminas e minerais quando coincidir com o horário habitual do almoço ou jantar.

Com relação à hidratação, o mínimo indicado para a reposição de líquidos após o treino, é de 3 copos (680ml) para cada 500g de peso perdido, desta forma existe a necessidade de se pesar o atleta antes e depois do treino, promovendo assim uma melhor recuperação.

Isso ajudará a repor níveis de energia muscular (glicogénio) antes do próximo evento ou exercício. Caso contrário, poderá levar 24 horas para reabastecer os músculos.

Fonte: www.masterswim.com

Related Posts

Ter muita calma na hora certa

É da natureza dos corredores estabelecer objectivos. Baixar três minutos ao seu recorde pessoal dos...

Corrida x Álcool

Se você é daqueles que não resiste a uma cerveja aos fins de semana, veja...

Conheça os benefícios de correr descalço na areia

O uso de ténis para corridas e caminhadas é mais do que indicado por especialistas,...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *