Skip to main content

Lange vence Ironman com quebra de recorde no Havaí

Notícias 0 Comment

O alemão Patrick Lange conquistou neste sábado (14) o título da categoria masculina no Campeonato Mundial de Ironman, em Kona, no Havaí. Ele concluiu o trajeto em 8:01:40, superando a melhor marca da história da prova havaiana, que, desde 2011, pertencia ao australiano Craig Alexander (8:03:56).

Terceiro colocado em Kona em 2016, Lange abriu vantagem sobre o canadense Lionel Sanders a cerca de 5 km da linha de chegada. O alemão levou 48:45 para nadar 3.8 km, 4:28:53 para pedalar 180 km e 2:39:59 para correr os 42.2 km. Com um tempo 2min37s mais lento que o do campeão, Sanders arrancou aplausos do público local por um gesto de camaradagem, já que cumprimentou Lange com um abraço ao encontrar o adversário após o encerramento da prova.

Lange contou que subir ao lugar mais alto do pódio em Kona foi a realização de um “sonho de criança” , enquanto Sanders analisou a disputa com o campeão como uma “boa batalha”.

Jan Frodeno, compatriota de Lange e campeão das edições de 2015 e 2016 de Kona, sofreu com problemas físicos. caminhou durante a maratona e precisou de 9:15:44 para terminar o desafio.

Suíça chega ao tri

Após muito sofrimento durante a prova, a suíça Daniela Ryf conseguiu a façanha de levar o terceiro título consecutivo em Kona ao finalizar o percurso em 8:50:47.

“Foi a vitória mais difícil da minha vida. Estou muito feliz em conseguir o título hoje”, disse Ryf, emocionada.

Apesar das demonstrações de desgaste, a suíça terminou com uma vantagem expressiva sobre a segunda colocada, a britânica Lucy Charles: 8min51s.

Top 5 da categoria masculina

1. Patrick Lange (Alemanha) – 8:01:40
2. Lionel Sanders (Canadá) – 8:04:07
3. David McNamee (Grã Bretanha) – 8:07:11
4. Sebastian Kienle (Alemanha) – 8:09:59
5. James Cunnama (África do Sul) – 8:11:24

Top 5 da categoria feminina

1. Daniela Ryf (Suíça) – 8:50:47
2. Lucy Charles (Grã Bretanha) – 8:59:38
3. Sarah Crowley (Austrália) – 9:01:38
4. Heather Jackson (Estados Unidos) – 9:02:29
5. Kaisa Sali (Finlândia) – 9:04:40

Fonte: www.ativo.com

Related Posts

A polêmica do Crossfit

Os argumentos de quem pratica desporto são inumeráveis. Recorrente, a boa saúde é um dos...

Cinco Ironman, em cinco dias, em cinco ilhas.. Ele é portugues!

José Massuça completou o EPIC 5 Challenge. A mítica prova de ultra-resistência de Triatlo decorreu...

Conheça os benefícios e vantagens de treinar com o Performance

A evolução de um atleta na sua modalidade é gradual e depende da sua dedicação...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *