Skip to main content

Deve-se aplicar gelo ou calor em uma lesão?

Assuntos, Fisioterapia 0 Comment

joelho-corredora

Quem treina regularmente sabe quão má pode ser uma entorse: Para além de doer, significa parar e consequentemente perder o ritmo.

Por isso mesmo, muitas pessoas continuam a fazer exercício, o que acaba por agravar a lesão. O segredo é aplicar gelo ou calor na zona lesionada, descansar e ser paciente.

Gelo ou calor, sim, leu bem. Tendo em conta que pode ser confuso quando se deve recorrer ao frio ou ao quente, a Bustle consultou duas quiropratas californianas, Kathryn Fox e Alison Adamczyk, e esclarece quando se deve usar um ou outro.

Quando fazer gelo?

1. Acabou de se lesionar

O propósito do gelo é reduzir a inflamação e minimizar o estrago que a lesão pode fazer. Nesse sentido, o gelo é o melhor amigo que pode ter. Ambas as quiropratas recomendam que seja feito no caso de as lesões terem menos de 72 horas e quando a zona magoada está vermelha, inchada e causa dores que parecem picadas.

O gelo deve ser aplicado num saco ou com uma compressa e deve proteger a sua pele sempre com uma toalha, para evitar o contacto direto e uma possível queimadura. De acordo com a University of Wisconsin-Madison, deve aplicá-lo por 15 a 20 minutos, no máximo. E deve fazê-lo várias vezes ao dia, com intervalos de 45 minutos entre aplicações (no mínimo), repetindo o processo nos dias que se seguem à lesão.

2. A zona magoada está inflamada

Enquanto a área onde se magoou estiver inflamada, não pare de fazer gelo. Segundo Kathryn Fox e Alison Adamczyk, se há dor, há inflamação, e “o gelo é a melhor arma para acalmar o fogo”. Para saber se ainda está inflamada, basta pressionar ligeiramente a zona ou comparar com a do lado.

A inflamação também diminui com anti-inflamatórios, como é sabido, seja um ibuprofeno ou uma aspirina. O que não significa, de forma alguma, que deixe de aplicar gelo. No caso de a inflamação continuar após uma semana de tratamento e descanso, então o melhor que faz é ir ao médico.

3. Acabou de fazer exercício

Há certas lesões que permitem que continue a fazer exercício, dependendo do lugar onde se magoou. Se tiver o pulso magoado, vai continuar a ser capaz de correr. No entanto, não se pode esquecer de fazer gelo sempre depois da actividade física, uma vez que o aumento do fluxo sanguíneo pode piorar a inflamação. O gelo deve ser feito depois do exercício e nunca antes, de acordo com a terapeuta Laurel J. Freeman, já que fazer gelo antes pode expor a articulação a mais lesões.

Quando usar calor?

1. A lesão é antiga

O calor ajuda a circulação e a mobilidade. Segundo o que é recomendado pela Healthline, o gelo deve ser feito no caso de uma lesão aguda, já o calor deve ser usado numa lesão crónica (as que já o perseguem há demasiado tempo). As quiropratas aconselham a usar calor quando a dor é crónica e os seus músculos estão rígidos ou doridos. Muitas compressas de gelo também podem ser usadas como compressas de calor ou pode comprar uma almofada de aquecimento elétrico.

À semelhança do frio, também deve proteger a sua pele do calor recorrendo a uma toalha e deve certificar-se de que a compressa não está demasiado quente.

2. Os músculos estão tensos

O calor é melhor para a tensão muscular do que para uma lesão propriamente dita. É extremamente relaxante e tem o poder de acalmar músculos que são muito trabalhados e têm muitos nós. Fox e Adamczyk dizem que quando os músculos apresentam rigidez e estão doridos é importante aumentar a circulação de forma a ajudar na reparação dos tecidos.

Experimente passar uma toalha em água quente e depois colocá-la na zona que dói. Deve ainda tentar massajar a área (ou pedir a alguém que o faça). O calor vai aumentar a quantidade de sangue na zona, o que vai ajudar a eliminar o ácido láctico, o verdadeiro culpado pelos seus músculos parecerem pedra.

3. Antes de fazer exercício

Uma vez que o calor ajuda a desprender tudo, é ótimo para quando sente rigidez antes de fazer exercício. Além de ser uma mais-valia se pretende exercitar-se na rua num dia de frio. É importante manter os seus músculos relaxados antes e depois de qualquer atividade física. No entanto, não esquecer que o calor nunca deve ser aplicado após o exercício, se sentir dor. Esse é um caso que pede gelo.

Tenha ainda em conta que o tempo é a componente mais importante no que à recuperação de uma lesão diz respeito. Segundo a dupla de especialistas, há sempre exceções à regra e, por isso, há casos em que uma pessoa pode não tolerar o gelo ou o calor, ou casos em que sofra de uma doença em que aplicar frio ou quente seja uma contra indicação. Nestes casos, terá de procurar outras alternativas

Fonte: www.observador.pt

Related Posts

fish-1

Preparação nutricional para Maratonas

A maratona é, sem dúvida, uma das competições desportivas mais exigentes em termos de desgaste...

frutas

O poder das frutas

O consumo de frutas é muito importante para uma alimentação equilibrada. Quanto maior a variedade...

melancia-2

08 formas de substituir o Gel de hidrato de carboidrato

Quem se dedica a provas de corrida de rua mais longas sabe da importância que...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


× três = 6

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>