Skip to main content

Correr por quem não pode…

Notícias 0 Comment

É este o mote da Wings for Life World Run, a corrida solidária que acontece já no próximo dia 6 de Maio à escala mundial.

Foto: Wings for Life

Foto: Wings for Life

São 13 localizações, nos seis continentes, que receberão pelo quinto ano consecutivo este desafio. A Wings for Life World Run consiste numa corrida em que os participantes dos quatros cantos do mundo podem correr em simultâneo, em corridas organizadas ou, como no caso de Portugal, que não irá organizar uma prova nos moldes tradicionais, numa dimensão virtual, através de um aplicação para smartphone, a Wings for Life World Run APP RUN. Assim, sem barreiras físicas, e apenas com um telemóvel, qualquer pessoa pode participar.

O objectivo deste evento, criado em 2014 e organizado pela Fundação Wings for Life, é angariar fundos para apoiar a investigação para a cura das lesões na espinal medula. Esta corrida “por quem não pode correr” foi a forma encontrada pela Fundação para chamar a atenção para a causa, recolher contributos monetários e reunir o maior número de apoiantes possível.

Edições passadas

Este ano o encontro está marcado para o próximo dia 6 de Maio, naquela que será a quinta edição da corrida mais global de sempre e que contou com um total de 435 mil participantes de 193 países, em 58 localizações pelo mundo, nas quatro edições passadas. O resultado desta mobilização planetária foi a angariação de 20,6 milhões de euros, cem por cento direccionados para apoiar a investigação científica que está a desenvolver esforços para tornar possível a cura das lesões na espinal medula. As verbas até agora angariadas já permitiram a realização de 170 projectos em 15 países, gerando um total de 494 publicações científicas.

Foto: Wings for Life

Foto: Wings for Life

A corrida

Um dos principais marcos diferenciadores desta corrida é o facto de juntar milhares de pessoas a correr precisamente ao mesmo tempo em diferentes latitudes, sendo que não existe uma meta fixa. Em vez disso os participantes são perseguidos por um Carro Meta que partirá 30 minutos depois da saída dos atletas, aumentado progressivamente a velocidade até apanhar o último corredor. O actual recorde da competição situa-se nos 88,44 km.

Por cá

Em Portugal a Wings for Life World Run adquire uma dimensão virtual, uma vez que não será organizada uma prova concreta e, por isso, todos os interessados em apoiar esta causa solidária podem fazê-lo em qualquer localização através da Wings for Life World Run APP RUN. Para isso basta fazer o download da aplicação em www.wingsforlifeworldrun.com, efectuar a inscrição, que tem o custo de 15€, e juntar-se por via electrónica ao pelotão global no dia 6 de Maio, às 12h00 de Portugal continental. A totalidade deste donativo reverte a favor da investigação em causa.

Para saber mais informações ou inscrever-se vá a www.wingsforlifeworldrun.com ou a www.wingsforlife.com.

Related Posts

Treinamento tupiniquim em terras lusitanas

Claudio Bolanho director geral e fundador do Performance nasceu em São Caetano do Sul no...

Para que serve a máscara de Miguel Layún?

O mexicano Miguel Layún foi o primeiro a utilizar uma máscara que os jogadores da...

Novos tratamentos para Parkinson

Um estudo recente, no qual participou um médico português, identificou alterações neuroquímicas na doença de...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *