Skip to main content

A arte de ir treinar mesmo com preguiça

Artigos, Corrida 0 Comment

preguicaFrio, chuva, cansaço, sono, aquela preguiça… são vários os motivos que podem te fazer querer não levantar da cama ou do sofá para ir treinar. Quem nunca se sentiu assim? Tenho certeza que sabe do que estou falando.

Semana passada foi minha vez. Como sempre, saio do trabalho e pego pelo menos 1hr de transito antes de chegar em casa. Janto e preparo minhas coisas para o treino e para o dia seguinte.

Mas como tinha trocado de emprego, estava reajustando minha rotina e meus horários. E por conta disso estava dormindo menos que o de costume, o que pesa bastante no meu rendimento diário.

Eu estava com sono, mau humorado, e para melhorar, estava bem frio naquele dia (meu treino é ás 21hr, o que não era nada convidativo). Veio aquela preguiça monstruosa de sair de casa. Tudo o que eu queria era dormir.

E o que me fez ir treinar? Algumas coisas passaram na minha cabeça naquele dia, que me fizeram sair de casa mesmo assim. Sempre que estiver se sentindo assim, lembre-se do seguinte:

LEMBRE-SE DOS SEUS OBJETIVOS E METAS

Lembre-se dos tempos que você gostaria de fazer, do lugar que deseja alcançar no seu principal campeonato, na sua meta de perda de peso ou ganho de preparo físico.

Seja qual for o seu motivo de estar nadando, não o traia simplesmente porque as circunstâncias estão indo contra naquele dia. Um dia de treino perdido faz mais diferença do que você imagina. Quanto mais fiel e comprometido você for com seus objectivos, maiores as chances de alcançá-los.

Uma coisa que sempre fica clara para mim: Eu sempre saio mais feliz depois de um treino, por mais forte que tenha sido. Nada como a endorfina e seus companheiros de equipe para melhorar qualquer dia seu.

SEUS ADVERSÁRIOS ESTÃO TREINANDO

Ele também tem objectivos e também quer ganhar, então, perder um treino significa já sair atrás. Você quer ficar em desvantagem já na sua preparação?

Pense comigo: Se você for treinar e ele também, não será a falta de treino que irá decidir o vencedor. Se você não treinar e ele sim, você está em desvantagem. Se você for e ele não, a vantagem é sua. Então para que arriscar, sendo que você só tem a ganhar indo para o treino?

A forma como você executa o que foi planejado, como vive seu dia a dia e lida com as adversidades é que te farão evoluir. O percurso é tão, ou mais, importante do que a linha de chegada.

SE NÃO QUISER IR TREINAR POR VOCÊ, VÁ PELA SUA EQUIPE

Seus companheiros de treino não tem nada haver com o facto de você não querer ir treinar. Pense neles e nos objectivos da sua equipe para a temporada. Coloque isso como motivador, não seja egoísta. Toda equipe perde quando seus membros começam a faltar.

Se eu tivesse faltado aquele dia, teria perdido o treino mais duro da temporada, pelo menos até agora. Teria fugido da dor do treino, teria descansado e acordado inteiro no dia seguinte. Mas também teria perdido uma ótima oportunidade de melhorar, de colocar meu corpo no limite, de avançar rumo ao meu objectivo.

Ir treinar quando você está bem humorado, descansado e motivado é fácil. Difícil é sair de casa quando tudo parece estar contra você. Mas entenda que são as pequenas vitórias nos dias difíceis que você cresce como atleta e como pessoa. Todos nós teremos os nossos dias inglórios, mas a forma de lidar com eles é que te fará ser melhor a cada dia.

E acredite, vai valer a pena no final. Conquistar seu objectivo é sempre muito gratificante. E não existe sensação pior do que olhar para trás e achar que poderia ter feito mais e melhor. Aquele “e se eu tivesse feito todos os treinos?”, “e se eu tivesse me dedicado mais?”. Faça as coisas de um jeito onde não existam “e se”. Bons treinos!

Fonte: www.raiaoito.com.br – Por Stefano Balian

Related Posts

Respirar correctamente contribui para uma boa corrida

No running, o nosso corpo tem que fornecer constantemente oxigénio aos músculos, para que estes...

Correr em dias quentes

O suor é um líquido produzido pelas glândulas sudoríparas constituído por água, sais minerais e...

A primeira prova

Corredor de primeira viagem chegou a sua vez de entender tudo que acontece em uma...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *