Skip to main content

4 treinos intervalados para você ficar mais veloz

Artigos, Ciclismo 0 Comment

??????????????????????Deseja ficar mais veloz? Quer atacar e manter sua posição à frente do pelotão? Quer manter o ritmo forte depois de uma dura subida? Deseja aumentar sua resistência à dor e pedalar um longo trecho sem quebrar? Você precisa realizar treinos intervalados!

Separamos os 4 treinos intervalados mais potentes que existem. Cada um deles irá desenvolver um fundamento específico na sua pedalada, e todos contribuirão para deixa-lo muito mais competitivo.

Atenção:

– Escolha 2 exercícios para a semana.
– Cuidado com o excesso de treinos. Veja dicas para detectar overtraining.
– Sempre mantenha pelo menos 1 dia de descanso entre eles.
– Antes de executá-los aqueça por 15 minutos girando leve numa cadência mais alta, entre 100 e 120 rpm.
– Durante os exercícios utilize uma cadência menor, entre 90 e 110 rpm.
– Faça-os em locais planos ou com pouca inclinação.
– O ideal é utilizar uma bicicleta speed. Se não tiver, faça na BTT (mountain bike).

Eles podem ser executando em estradas de chão, desde que respeitando o limite de inclinação que deve ser plana ou bem pequena. Faça alongamentos depois do treino.

Treinos Intervalados

1 – Ataque com mais potência

Como fazer: 8 sprints de 20 segundos. Descansar 10 segundos de pedalada fácil entre os sprints. Devem ser feitas entre 2 a 4 séries com tempo de descanso de 2 ou 3 minutos entre as séries. Nível de esforço: Máximo (100% da sua frequência cardíaca máxima – FCM).

Nível de esforço: Máximo (100% da sua frequência cardiaca máxima – FCM).

No que vai lhe ajudar: Este treino ajudará você a realizar ataques mais fulminantes, e principalmente reagir aos contra ataques dos adversários.

2 – Descole do Pelotão

Como fazer: 6 intervalos de 2 minutos com 1 minuto de descanso entre eles.

Nível de esforço: Entre 95 a 98% da sua frequência cardiaca máxima – FCM

No que vai lhe ajudar: Este treino irá deixá-lo veloz e resistente para manter um ataque e descolar do pelotão, e principalmente, manter seu giro sem que lhe alcancem novamente.

3 – Pedale com conforto, mesmo que esteja no limite

Como fazer: 5 intervalos de 6 minutos, com 3 minutos de descanso entre eles girando leve. *O segredo é a consistência. Você deverá manter a mesma velocidade e distância percorrida em todos os intervalos. Consegue?

Nível de esforço: 90% da sua frequência cardiaca máxima – FCM.

No que vai lhe ajudar: Este exercício irá impulsionar o seu limiar anaeróbico (que é o ponto onde você consegue pedalar forte sem queimar).

4 – Fique forte, suporte a dor

Como fazer: 6 intervalos de 8 a 10 minutos com 5 minutos de pedalada fácil entre eles.

Nível de esforço: O máximo que conseguir.

No que vai lhe ajudar: Isto aumentará sua tolerância à dor e permitirá que você suporte um rítmo muito intenso por mais tempo, sem descolar do adversário.

Fonte: www.biketribe.com.br

Related Posts

6 erros comuns na hora de comprar seu calçado de corrida

Tanto para um novato quanto para um atleta experiente, comprar um novo calçado de corrida...

07 dicas para melhorar tua natação

O desafio para o atleta que não tem um treinador são os vários estilos de...

Relatos de um IRONMAN

Ironman Brasil: Ainda em dúvida se faço um relato detalhado ou não, vou começar a...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *