Skip to main content

10 dicas para melhorar seu treino na musculação

Artigos, Musculação 0 Comment

mm2“Não basta só pegar forte no peso, é preciso prestar atenção em outros detalhes para tirar proveito máximo da musculação”. Quer saber quais são eles? Então aproveite as nossas dicas.

1. Combine exercícios

Em vez de fazer um exercício de cada vez, combine dois deles para o mesmo músculo, intercalando as séries de um e de outro. Isso agiliza o ganho de massa, porque exige um pouco mais do músculo, potencializando o treinamento em geral.

2. Volte o peso bem devagar

Na hora de erguer o peso, faça o movimento com máxima intensidade. Chegue ao limite (mas com cuidado) e volte devagar. No retorno à posição de repouso, as fibras musculares sofrem micro lesões, fazendo com que a recuperação leve ao aumento de músculos.

3. Esgote os músculos

Após suas três repetições habituais, diminua o peso no aparelho (pode colocar um peso de nível leve) e repita o movimento bem rapidamente, várias vezes. Pare apenas quando sentir queimar. Assim, seu músculo trabalha no limite e é obrigado a se fortalecer com urgência. Só não exagere, prevenindo-se de lesões que impediriam o treino.

4. Comece trabalhando músculos grandes

Isso exige maior esforço e os músculos pequenos actuam como auxiliares. Por exemplo: treine peito antes de treinar bíceps. Treine quadríceps antes de estimular os glúteos.

5. Combine aparelhos e peso livre

O exercício com peso livre, geralmente, é mais difícil de ser executado, enquanto o exercício com aparelho isola melhor o músculo.

6. Aumente o peso todos os treinos

Em vez de ficar por um mês trabalhando com o mesmo peso, altere-o a cada treino, de acordo com sua capacidade. Isso estimula seus músculos a se desenvolverem.

7. Espere um minuto entre as séries
O ideal é descansar um minuto, repetindo a série com mais potência. O intervalo é necessário para garantir a intensidade do treino.

8. Respire na hora certa

Quando estiver na fase de contracção muscular, inspire. E, na volta do movimento, expire. O trabalho dá mais energia para o treino e, pela contracção do abdómen, protege sua coluna.

9. Durma bem

O sono recupera o corpo para o treino do dia seguinte e libera harmónios que ajudam a aumentar a massa muscular.

10. Descanse o corpo

Você precisa de, pelo menos, um dia de descanso entre um treino e outro. Esse tempo é necessário para o seu corpo se recuperar das micro lesões ocorridas na musculação. Se quiser treinar durante todos os dias da semana, peça ao professor que divida seu treino em dois (um dia para braços, peito e costas e outro para pernas e glúteos, por exemplo).

Lembre-se, antes de realizar qualquer alteração no seu ciclo de treinos consulte seu professor.

Fonte: www.o2porminuto.ativo.com

Related Posts

A dor do dia seguinte

Pessoas que não praticam exercícios regularmente ou o fazem de forma esporádica sempre, costumam apresentar...

Dicas para potencializar o treino de triatlo

Todo desportista sabe que o treino é a base de uma boa prova. Por isso...

Erros mais comuns no ciclismo

1 - Não se vestir ou se preparar apropriadamente Em épocas de chuva, você pode...

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Preencha o campo *